quarta-feira, 16 de março de 2011

Garbage - O gatinho do lixo (é hoje uma estrelinha no céu)

Actualização
Temos a infelicidade de comunicar que o Garbage faleceu...
Estava muito fraco e doente e apesar da melhoria rápida
nos primeiros dias, não aguentou e faleceu..
Resta-nos o pensamento de que não morreu no chão ao frio e
que ainda conheceu o carinho dos veterinários e voluntários do naaas.
Muito obrigada a todo o esforço e dedição demonstrado pela equipa do
Hospital Veterinário da Tapada.
Garbage, esperemos que estejas em paz.
Este gatito preto é mais uma vítima da crueldade e indiferença
daqueles a quem chamamos humanos.
Foi encontrado no chão, encostado a um caixote de lixo, por
uma voluntária do NAAAS, que inicialmente o confundiu com
um saco preto, mas que após uma espreitadela mais perto se
apercebeu que era um gato deitado no chão a espernear-se...
Sem pensar duas vezes, agarrou no gatito, que estava gelado
e dirigiu-se ao Hospital Veterinário da Tapada. Quando o tirou
do carro, pensou que ele já estaria morto porque não se mexia,
mas quando o entregou aos veterinários, eles disseram que ele
ainda respirava e entraram imediatamente com ele...
Com 35º de temperatura, em pele e osso, uma anemia muito
grave e muito fraco, ninguém acreditava que ele sobrevivesse...
Mas sobreviveu e os veterinários deram-lhe o nome Garbage,
por ter sido encontrado no lixo...
Por mais incrível que pareça, os veterinários acreditam que
alguém o colocou encostado ao caixote para acabar de morrer...
Passados alguns dias, o Garbage já se consegue meter de pé e
come desenfreadamente, como se não comesse há semanas...



Como sabem, o NAAAS tem tido alguns animais hospitalizados
e infelizmente as despesas cada vez são maiores...

Por favor, ajude-nos a pagar as despesas do Garbage através do
NIB 0033 0000 4537 8776 778 05 (NAAAS),
colocando Garbage no descritivo ou enviando e-mail
com comprovativo do donativo para naaasintra@gmail.com


Ajude-nos a salvar este sobrevivente que foi tratado como lixo.

3 comentários:

  1. Infelizmente conheço casos semelhantes, poucos com final feliz.
    Fico muito feliz por ele ter sido ajudado e estar a recuperar bem!
    Bem hajam!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Concordo "bem hajam!!!"... FORÇA ANIMAIS

      Eliminar
  2. Tenho muita pena, mas como todos sabemos, muitas pessoas não pensam assim e tratam mal os animais.
    O que nos vale é que ainda existem estas ajudas.
    Obrigada!!!!

    ResponderEliminar